Capsulotomia – Limpeza de lente após cirurgia de catarata

Capsulotomia – Limpeza de lente após cirurgia de catarata

Por: Crop | 20 de Abril de 2022
Apesar da cirurgia de catarata ser um procedimento definitivo, com o passar dos anos outras regiões dos olhos podem sofrer com os impactos do procedimento e por isso existe a capsulotomia. No caso, a capsulotomia tem basicamente a mesma função da cirurgia de catarata, já que a mesma também promove a “limpeza” dos olhos. O procedimento é simples, não invasivo e não é necessário internação. Saiba mais sobre a capsulotomia a seguir:

O que é capsulotomia

De uma forma geral, a capsulotomia é um procedimento que remove a opacidade na cápsula do olho que protege o cristalino. Essa mancha costuma aparecer logo após a cirurgia de catarata, sendo necessário a realização do procedimento a laser para assim, deixar a membrana transparente de novo. Por conta disso, muitas vezes as pessoas podem achar que a catarata voltou, já que a opacidade na visão é o principal sintoma. Na realidade, não é que a catarata voltou, mas sim uma complicação cirúrgica, que tem se tornado cada vez menos comum, graças aos avanços da tecnologia. A cirurgia de catarata é muito comum, principalmente em idosos. Resumindo, é realizado um pequeno corte na parte anterior do cristalino, a catarata é aspirada e a cápsula é substituída por uma lente de acrílico. Mas assim como o cristalino, a lente de acrílico também pode perder a transparência, é aí que entra a capsulotomia, que é popularmente conhecida como “limpeza de lente”.

Como é realizada a capsulotomia?

Como mencionamos anteriormente, o procedimento é simples, indolor e não invasivo, sendo realizado no próprio consultório do médico oftalmologista. Primeiro o paciente tem a pupila dilatada com um colírio, em alguns casos, também é usado um anestésico em gotas. Após a preparação, o médico realiza os disparos com o laser. Os pulsos de energia gerados causam pequenas explosões na cápsula, realizando assim, toda a limpeza da lente e limpando a opacidade. O procedimento leva cerca de 5 minutos, e o resultado é imediato, logo após o procedimento, a luz volta a passar sem sofrer interferências. O paciente pode retornar a suas atividades normalmente, não sendo necessário um período de recuperação.

Preciso realizar o procedimento mais de uma vez?

Na maioria dos casos o procedimento é realizado apenas uma vez, mesmo que tenha sido feito em apenas um olho. No caso, o paciente pode apresentar certa dificuldade de enxergar logo após o procedimento, o que é normal em um período recente da capsulotomia. Se tratando de normalidades que podem ocorrer logo após o procedimento, durante os primeiros 15 dias podem surgir as famosas moscas volantes, aqueles pequenos pontos e manchas pretas flutuando na visão. Isso acontece por conta dos resquícios da cápsula. Em últimos casos, se os sintomas persistirem, o procedimento pode sim ser realizado novamente, dessa vez, fazendo a limpeza em uma área maior. Caso o médico considere necessário, também pode ser feita uma investigação em outras regiões, como na retina, por exemplo.

Cuidados após a capsulotomia

De forma geral, não são esperadas complicações após o procedimento, tais como dor e queimação, caso isso ocorra, é importante retornar ao médico oftalmologista. Não existe contraindicação à exposição ao sol, e as atividades podem ser retomadas normalmente. Somente dois pontos devem ser levados em consideração:
  • Suspender atividades físicas por pelo menos uma semana;
  • Utilizar os colírios receitados pelo médico.
Tem sentido sua visão com opacidade depois da cirurgia de catarata? Entre em contato agora mesmo e agende sua consulta!