Catarata – Como é feita a cirurgia?

Catarata – Como é feita a cirurgia?

Por: Crop | 20 de Abril de 2022
A cirurgia de catarata é um dos procedimentos mais conhecidos no meio oftalmológico. Sendo realizado em sua maioria em idosos, por conta da idade, a catarata é uma doença progressiva, que causa a perda de transparência do cristalino. O cristalino por sua vez, é a lente natural do olho, responsável por enviar a luz do ambiente exterior, para a retina, resultando no processo de visão. No caso, a perda da transparência do cristalino acontece por conta do acúmulo de detritos, tais como:
  • Restos de células mortas;
  • Gordura;
  • Resíduos de medicamentos.
Apesar de afetar mais pessoas a partir dos 60 anos, a doença pode surgir em outras fases da vida de forma precoce, isso pode ocorrer por consequência de alguns fatores como traumas oculares ou doenças, como diabetes.

Sintomas e exames

O principal sintoma da catarata é a visão embaçada, como é uma doença gradativa, se não for tratada com antecedência esse problema pode piorar e acarretar na perda completa de visão. Em estágios mais avançados a catarata cria uma película esbranquiçada nos olhos, nesses casos a perda de visão já é significativa, se não total. O diagnóstico da doença só pode ser comprovado depois de uma bateria completa de exames de catarata. Através dos resultados desses exames, pode ser determinada não somente a presença da doença, como também o estágio de evolução da catarata.

Como é realizado o tratamento da catarata?

O único método de tratamento da catarata é através da cirurgia. O procedimento é rápido e seguro, garantindo que o paciente retorne para casa no mesmo dia. Tudo isso graças aos avanços da tecnologia que permitiram que o procedimento se tornasse mais simples, não sendo necessário cortes ou suturas. No procedimento, é feita a troca do cristalino, por um artificial feito de acrílico, devolvendo a visão para o paciente e não apresentando mais a opacidade de antes.

Como é a cirurgia de catarata?

Como mencionado acima, o procedimento da cirurgia de catarata evoluiu graças aos avanços da tecnologia, não sendo mais necessário cortes com bisturi ou internação. O processo da cirurgia segue da seguinte forma:
  1. Depois de realizar a bateria de exames, o médico oftalmologista agenda a cirurgia. O paciente por sua vez, deve seguir alguns cuidados nos dias anteriores à cirurgia, como por exemplo não usar lentes de contato, alimentação leve e descansar bem, principalmente na noite que antecede a cirurgia.
  2. No dia da cirurgia, o paciente receberá algumas gotas do colírio anestésico na sala pré-operatória. Logo após, serão realizados outros exames de medição e estruturas oculares. No caso, a repetição dos exames garante a precisão da cirurgia.
  3. Após a repetição dos exames, o médico começa a cirurgia de catarata a laser. Utilizando um laser de precisão, o oftalmologista realiza um corte milimétrico no centro da córnea (cerca de 2mm), por esse corte é colocado um aparelho chamado facoemulsificador, que faz quebra do cristalino opacificado, que depois será aspirado.
  4. Depois de aspirar todo o cristalino, é inserida a lente cristalina acrílica, a implantação é feita pelo mesmo corte milimétrico, que se fechará sozinho em alguns dias.
  5. O paciente precisa ficar em observação algumas horas antes de retornar para casa, apenas com algumas recomendações médicas para uma recuperação saudável.
A cirurgia de catarata é simples e segura, e o paciente recebe alta no mesmo dia, após alguns dias a rotina pode ser retomada normalmente. Sente sua vista opaca ou com dificuldades para enxergar? Agende agora mesmo sua consulta com a gente clicando aqui!