Cirurgia Refrativa em São Paulo – CROP

CIRURGIA REFRATIVA
EM SÃO PAULO

Correção da Miopia, Hipermetropia, Astigmatismo e Presbiopia

QUERO AGENDAR UMA CONSULTA QUERO AGENDAR UMA CONSULTA

SOBRE A CIRURGIA REFRATIVA

Cirurgia refrativa é o nome da cirurgia realizada para corrigir erros refrativos (miopia, hipermetropia, astigmatismo e presbiopia). Por definição, quando um paciente depende de óculos, isso significa que a cirurgia eliminará ou reduzirá essa dependência.

A visão clara é o resultado do foco da imagem na retina. Quando a imagem não está focada na retina, a visão não é clara, criando assim diferentes erros de refração.

Pensado em realizá-la? Entenda o que é, como é realizada e quando é ou não indicada.

olho-cirurgia-refrativa
agende-uma-consulta-cirurgia-refrativa

O que são Erros de Refração?

A refração é um fenômeno que ocorre quando os feixes de luz do ambiente externo passam pelo globo ocular para formar a visão na retina. Quando o feixe é desviado e não atinge o foco na retina que carece de clareza visual, chamamos isso de erros de refração.

Erros de refração são condições prejudiciais à visão, como miopia, astigmatismo, hipermetropia e presbiopia, que direcionam a luz para a retina. Tais incorreções podem ocorrer sutilmente, não afetando seriamente a saúde ocular. Quando aparecem em níveis mais elevados, podem apresentar sintomas graves que fazem o paciente se sentir desconfortável.

QUERO AGENDAR UMA CONSULTA QUERO AGENDAR UMA CONSULTA

Quando a cirurgia refrativa é indicada?

quais-sao-os-tipos-de-cirurgias-para-refrativos

A cirurgia refrativa para correção definitiva de miopia, hipermetropia, astigmatismo e presbiopia depende de alguns exames e acompanhamento com o médico oftalmologista.

Além disso, existem algumas condições que devem ser avaliadas para estar apto ao procedimento:

  • Desejo de não utilizar mais óculos ou lentes de contato;
  • Idade (normalmente acima de 18 anos);
  • Grau estabilizado;
  • Graus passíveis de correção: em geral, até 11 graus de miopia, até 6 de astigmatismo e até 4 de hipermetropia, porém deve
  • ser avaliado caso a caso;
  • Boa estrutura da córnea;
  • Transparência do cristalino;
  • Retina sem alterações.
  • Saúde em boa condição;
  • Ausência de patologias sistêmicas ou oftalmológicas impeditivas.
quais-sao-os-tipos-de-cirurgias-para-refrativos

Conheça as modalidades de cirurgias refrativas existentes

As cirurgias refrativa podem ser divididas em 5 tipos:

Excimer laser

São as mais famosas cirurgias refrativas, em que se utiliza um tipo de laser de alta precisão e rapidez, por meio da ablação da superfície anterior da córnea (a membrana ativa), para o tratamento das ametropias, doenças oculares que ocorrem devido a erros refrativos.

As tecnologias atuais que usam lasers excimer são:

LASIK (Laser-assisted In Situ Keratomileusis):

A cirurgia Lasik é o tipo mais comum de cirurgia refrativa usada por oftalmologistas para tratar problemas comuns de visão, como miopia, astigmatismo ou hipermetropia. Esta operação leva apenas 5 minutos para cada olho e cerca de 8 segundos de irradiação do laser. O paciente permanece acordado e desperto. Utiliza-se anestésico em forma de colírio, alguns minutos antes da operação, para que o paciente não sinta dor e/ou desconforto.

PRK (Ceratectomia Fotorrefrativa):

A cirurgia PRK, também chamada de ceratectomia refrativa, é realizada através de um laser que corrige a curvatura da córnea, a fim de retificar um erro refrativo, como miopia leve a moderada, hipermetropia ou astigmatismo. Esse tipo de cirurgia geralmente é recomendado por oftalmologistas para pessoas com córneas mais finas.

Femtosegundo laser

Tecnologia de cirurgia refrativa mais recente, usando laser de femtossegundo para tratamento personalizado de erros de refração, sem fazer FLAP ou remover o epitélio da córnea:

SMILE (extração de amígdalas por incisão pequena): envolve o uso de um laser de femtossegundo para fazer uma lente de tamanho variável na camada intermediária da córnea (estroma), dependendo do "número" a ser tratado. Uma pequena incisão de 3 mm também é feita com um laser. Depois de feita, utiliza-se uma pinça fina para separar essa lente do resto da córnea e retirá-la através da incisão, sem necessidade de suturas. A anestesia é local (colírio) e o processo é indolor, apresenta um pós-operatório e recuperação da visão rápido e indolor. Necessidade de uso de antibióticos, antiinflamatórios, colírios lubrificantes após a cirurgia.

Lente Intraocular Fácica

A cirurgia refrativa com lente intraocular fácica é adequada para pessoas com miopia ou hipermetropia severa, córnea alta ou muito curva ou fina. Em comparação com a cirurgia a laser, pode corrigir melhor os problemas de visão.

Este tipo de cirurgia refrativa dura cerca de 30 minutos para cada olho e permite colocar permanentemente a lente corretiva no olho, que pode ser rígida ou flexível dependendo da situação.

Ceratotomia

Há dois tipos de ceratotomia que podem ser realizadas, um para miopia, denominado ceratotomia radial, e outro para correção de astigmatismo, denominado ceratotomia astigmática.

A ceratotomia visa alterar o formato da córnea. A técnica utilizada é a mesma, mas a forma de corte da córnea é diferente:

Ceratotomia radial:

Foi substituída pela correção da visão a laser e raramente é usada.

Ceratotomia astigmática:

Ainda é frequentemente realizada ao mesmo tempo que a cirurgia de catarata. Os riscos incluem infecção, hipocorreção, hipercorreção e perfuração da córnea.

Correção de Presbiopia a Laser

A presbiopia é um erro refrativo e requer um processo um pouco mais complicado para tratar a visão.

Uma das técnicas mais comumente usadas para corrigir a presbiopia é a monovisão. O princípio de funcionamento desse método é o seguinte: o olho dominante é corrigido para hipermetropia e o olho não dominante é induzido a uma miopia leve, fazendo com que esse olho comece a olhar mais de perto.

O objetivo do Monovision é permitir que os pacientes mantenham uma boa visão em ambas as distâncias, de modo que o cérebro seja adaptado para receber imagens claras alternadamente, forçando apenas um olho de cada vez.

Vários procedimentos de ablação de presbiopia podem ser realizados por meio da tecnologia LASIK e PRK ou SMILE. O tratamento da presbiopia em São Paulo pode ser realizado na Crop Oftalmologia, que é referência em Cirurgias Refrativas no estado.

Contraindicações para a cirurgia refrativa

Apesar da modernidade das técnicas e dos grandes avanços tecnológicos e na medicina, ainda existem situações em que a cirurgia não deve ser indicada.

Como no caso de pacientes com ceratocone e córneas predispostas, córneas muito finas, grau não estável, idade menor que 18 anos, gestantes e lactantes, olho seco severo, doenças oculares infecciosas em atividade, herpes ocular, catarata, glaucoma mais avançado, outras doenças oculares de maior gravidade, como algumas doenças da retina ou que cursam com inflamação ocular crônica, etc.

Por isso, faz-se necessário, sempre, a procura de um médico oftalmologista especializado, este profissional lhe dirá se no seu caso o procedimento deve ou não ser realizado.

Algumas observações acerca da cirurgia refrativa com Excimer Laser

Como pode ser visto no texto acima, a cirurgia refrativa é segura, rápida e muito eficaz na correção da visão prejudicada por miopia, astigmatismo, hipermetropia ou presbiopia.

Embora seja uma cirurgia a laser, é normal que os olhos sintam um pouco de irritação nas primeiras horas ou dias após a operação. Seus olhos podem lacrimejar, sua visão ficará um pouco embaçada e você terá a sensação de areia. Esses efeitos são esperados e normais. Para aliviar essa sensação, use colírio.

A rápida recuperação após a cirurgia depende em grande parte do paciente. Cumpra os procedimentos de enfermagem acima mencionados e siga rigorosamente as instruções do oftalmologista. Além de garantir que sua visão seja restaurada, o período de recuperação será mais curto e confortável.

Se você notar quaisquer sintomas anormais, entre em contato com seu oftalmologista imediatamente.

Onde fazer a cirurgia refrativa em São Paulo?

Caso precise realizar uma cirurgia refrativa em São Paulo, conte com a experiência e capacidade técnica da Crop Oftalmologia. Dispomos de uma moderna estrutura física, equipamentos de última geração e profissionais capacitados para cuidar da sua saúde.