Degeneração macular – O que é e quais os sintomas?

Degeneração macular – O que é e quais os sintomas?

Por: Crop | 20 de Abril de 2022
A degeneração macular relacionada à idade, também conhecida como DMRI, é uma doença responsável por grande parte da cegueira irreversível. Isso porque a doença acomete a mácula, que por sua vez é uma região da retina responsável pela reprodução das cores e detalhes na visão.

Quais os sintomas da degeneração macular?

O primeiro sintoma da degeneração macular é o surgimento de drusas, pequenas manchas amareladas que são depósitos de gordura. Nessa fase o sintoma pode ser assintomático, mas em alguns casos pode haver uma leve redução da visão e desconforto visual. Com o avanço da doença, também é notado uma perda de visão mais acentuada e mais grave, nesse momento é quando ocorre o desenvolvimento de neovascularização de coróide, a forma úmida da doença. Entre as drusas, podemos citar as duras e as moles, no caso da degeneração macular, as moles são as que apresentam maior risco para a doença e devem ser observadas de perto.

Quais os exames para a DMRI?

Os exames mais apropriados para degeneração macular são:
  • Exame da visão para avaliar a dificuldade visual do paciente (geralmente a forma seca não causa sintomas);
  • Mapeamento de retina para avaliar a presença de drusas (forma seca ou forma úmida);
  • Retinografia para documentar os achados como por exemplo a presença de drusas (forma seca) ou sangue e “gordura” (forma úmida);
  • Angiografia da retina com contraste;
  • Tomografia de coerência óptica (OCT).
Atualmente a tomografia de coerência óptica é considerado o principal exame para o diagnóstico, acompanhamento e tratamento da degeneração macular.

Quais os tratamentos para a DMRI?

A princípio alguns fatores devem ser levados em consideração, tais como:
  • Aconselhado que tabagistas parem de fumar;
  • Diminuição do consumo de gordura;
  • Manter o peso e a pressão arterial saudáveis.
  • Manter a dose recomendada diária de 10 mg de Luteína e 2 mg de Zeaxantina.

Injeção ocular é o melhor tratamento?

Os antiangiogênicos são atualmente o melhor tratamento para a degeneração macular quando se encontra na forma úmida da doença. O tratamento é realizado com a injeção de medicamento dentro do olho através de uma agulha de insulina, logo, dificilmente o paciente sente algum tipo de dor com a aplicação. Para o tratamento com as injeções oculares são necessárias pelo menos 3 aplicações, com um intervalo de 1 mês entre elas. No entanto, muitas vezes, por conta de lesões o paciente acaba realizando em média 7 aplicações no período de um ano.

A degeneração macular tem cura?

Infelizmente a degeneração macular é uma doença que não tem cura, mas que pode ser controlada. Caso o paciente seja diagnosticado com antecedência e o tratamento for realizado de forma adequada, as chances da perda de visão são bem reduzidas. Apesar de não ter uma cura, os tratamentos para a degeneração macular são eficazes, principalmente se diagnosticados o quanto antes. Ficou com alguma dúvida? Tem tido perda de visão recentemente? Clique aqui agora mesmo e agende a sua consulta com a gente!