Catarata

SOBRE A CATARATA

Você sabia que os nossos olhos também envelhecem?

A catarata é uma doença que ocorre nos olhos e está ligada ao envelhecimento do cristalino.

A enfermidade é muito comum em pessoas mais velhas, mas também pode afetar os mais jovens.

Na verdade, existem diversos fatores de risco para o surgimento da catarata, e se quiser saber sobre eles, continue a leitura.

olho-doenca-ocular-catarata
voce-tem-catarata

O que é Catarata?

Assim como é natural que ocorra o envelhecimento do nosso corpo, em geral, dentro dos nossos olhos um processo idêntico também ocorre, que é o envelhecimento dos olhos, chamado de presbiopia.

A parte interna de cada um de nossos olhos possui o cristalino, que é considerado a lente natural dos nossos órgãos visuais.

O que acontece nesse processo é que, com o tempo, o cristalino acaba perdendo sua elasticidade, condição inevitável que ocorre com todas as pessoas. A catarata nada mais é do que a progressão e evolução desse envelhecimento.

A lente natural não só perde a elasticidade, como se torna opaca ou turva. Então, a principal característica da catarata é a perda da transparência do cristalino, que se torna esbranquiçado.

Essa turvação serve como um impedimento da entrada de luz nos olhos, diminuindo consideravelmente a qualidade de visão e de vida das pessoas afetadas.

O que é o Cristalino?

quais-exames-sao-realizados-para-catarata

O cristalino possui uma função muito importante na formação da imagem que ocorre na retina.

Ele funciona como a lente natural dos olhos, que permite a focagem de objetos, estejam eles longe ou perto.

Quaisquer alterações que aconteçam no cristalino podem significar modificações negativas nas imagens que são formadas na retina e, dessa forma, a visão fica prejudicada.

Se não diagnosticada e tratada, a catarata pode evoluir para uma cegueira.

quais-exames-sao-realizados-para-catarata

Fatores de risco para Catarata

quais-tratamentos-sao-feitos-para-catarata

Dentre todos os fatores de risco para catarata, o principal deles é a idade.

Você sabia que uma a cada cinco pessoas acima dos 65 anos desenvolvem catarata? Esse número ainda é maior de acordo com a idade.

Confira alguns outros fatores de risco para catarata:

  • Diabetes
  • Exposição dos olhos à luz solar sem devida proteção
  • Traumas na região dos olhos
  • Tabagismo
  • Doenças infecciosas nos olhos
  • Uso prolongado de colírios à base de corticoides

Sintomas da Catarata

quais-exames-sao-realizados-para-catarata

A catarata é uma doença silenciosa inicialmente, e por isso não é comum o surgimento de sintomas logo no início da doença.

Os sinais começam a surgir aos poucos, de forma progressiva e leve, mas apenas de início. Conforme a doença progride, a pessoa começa a sentir incômodos e dificuldades para conseguir enxergar.

quais-exames-sao-realizados-para-catarata
  • Dificuldade para enxergar
  • Dificuldade para realizar atividades rotineiras
  • Visão embaçada
  • Visão dupla
  • Sensibilidade à luz
  • Alteração da percepção de cores
  • Mudanças frequentes no grau dos óculos
  • Escurecimento da visão.

Diagnóstico

Os exames para diagnosticar a catarata são realizados por um oftalmologista.

O procedimento de diagnóstico deve ser um exame minucioso, que verifique se o cristalino está lesionado de alguma forma, analisando, por exemplo, se a pupila está esbranquiçada, como acontece na catarata.

Prevenção

A relação do surgimento de catarata e a radiação solar já foi comprovada, por isso, uma das formas mais importantes de prevenir a condição é evitando olhar diretamente para o sol, principalmente em situações em que você não estiver usando óculos escuros.

Outra forma de prevenir a catarata é evitar a automedicação e o uso de colírios sem prescrição médica, ainda mais aqueles produtos que contêm corticoides.

Tratamento da Catarata

A cirurgia é o único método encontrado em que se é possível fazer a cura da catarata.

Porém, com os avanços tecnológicos e com novas descobertas, o procedimento cirúrgico se torna cada vez mais rápido, menos complexo, mais seguro e melhor sucedido.

A cirurgia é realizada com aplicação de anestesia local e consiste, basicamente, na substituição do cristalino por uma lente artificial.

Essa lente é produzida através da medida e de acordo com a curvatura da córnea tratada.

O tratamento cirúrgico não exige internação hospitalar, porém, é indicado que o paciente evite movimentos bruscos e a inclinação da cabeça.

Os próximos passos do tratamento, isso é, o período pós-operatório, envolvem a aplicação de colírios e pomadas, que devem ser indicados pelo médico.

Tratamento Médico para Catarata em São Paulo

A Crop Oftalmologia é uma Clínica Oftalmológica completa em São Paulo. Localizados nos bairros da Lapa e Chácara Santo Antônio, contamos com Equipamentos modernos e Oftalmologistas capacitados para Consultas, Tratamentos, Exames e Cirurgias Oftalmológicas.

Prestamos um atendimento de qualidade para diagnosticar, prevenir e tratar doenças oftalmológicas como a Catarata, sempre priorizando as necessidades de cada paciente visando preservar a sua saúde e qualidade de vida.

Convênios
Veja aqui a lista de convênios aceitos na crop!

icone-convenios-footer

Na Crop Oftalmologia trabalhamos com os principais planos de saúde, procurando proporcionar ao maior número de paciente um atendimento médico oftalmológico de qualidade e agilidade. Para isso, contamos com os mais diversos equipamentos linha de ponta em tecnologia e modernidade. Alinhado á instrumentação eficaz, contamos também com profissionais gabaritados e da mais alta capacidade.

Para ter acesso aos melhores cuidados disponíveis no ramo de medicina oftalmológica, opte pela Crop Oftalmologia, aonde a sua saúde vem sempre em primeiro lugar!

  • Allianz
  • Ameplan
  • Amil
  • Bradesco
  • Caasp
  • Cartão de todos
  • Central nacional Unimed
  • Classes laboriosas
  • Doctor prime
  • Doctor exame
  • Hi card
  • Intermédica
  • Itau
  • Omint
  • Open line
  • Particular
  • Plena
  • Porto Seguro
  • Saúde caixa
  • Sistema total de saúde
  • Sul América
  • Unimed seguros